Galaxy S22 será feito com material reciclado de redes de pesca

Os próximos celulares da linha Galaxy S22 terão materiais produzidos a partir de redes de pesca e de plásticos retirados do oceano. Nesta segunda (07), a Samsung anunciou a iniciativa , que tem como objetivo reduzir o impacto ambiental causado pelo descarte de produtos nos mares. Os fãs poderão conhecer essas e outras novidades dos novos smartphones nesta quarta-feira (9), no evento Galaxy Unpacked.

Deste modo, a Samsung deseja adequar os seus produtos ao programa de sustentabilidade da empresa. A companhia também garante que vai reduzir o uso de plástico e papel não reciclado nas embalagens de seus produtos entregues ao consumidor final.

O novo material reciclado – que faz parte do programa Galaxy for the Planet – estará presente na composição dos smartphones Galaxy S22 , Galaxy S22 Plus e Galaxy S22 Ultra. Com a medida, a Samsung amplia o leque de produtos que utilizam material reciclável, como carregadores de celular, controles remotos de TVs e caixas de alguns de seus televisores mais caros.

A série do Galaxy S22 deve vir com processador Exynos 2200 ou Snapdragon 8 Gen 1, dependendo do país onde for vendido. O chip da Qualcomm mostrou desempenho inferior em determinadas situações, quando comparado com o componente fabricado pela Samsung em recente teste de benchmark.

Os rumores mais recentes indicam que o S22 e o S22 Plus devem vir com 8 GB de RAM e opções de 128 GB ou 256 GB de armazenamento interno. Já a versão Ultra deve chegar com 12 GB de RAM e até 512 GB de espaço interno.

Tanto o S22 quanto o S22 Plus podem trazer sistema triplo de câmera, com 50 MP de resolução no sensor principal, enquanto o S22 Ultra deve chegar a108 megapixels, o que tende a garantir fotos ainda maiores e com melhor qualidade. O tamanho da tela dos aparelhos deve variar entre 6,1″, 6,7” e 6,8”, respectivamente. Todos devem ter display AMOLED Dinâmico 2X com resolução Full HD e taxa de atualização de 120 Hz.

Com informações de SamMobile