Em meio a atrito, Brasil negocia com a China equipamentos contra covid-19

O Brasil tem enfrentado obstáculos para comprar da China equipamentos hospitalares para o combate ao coronavírus. O país asiático é o maior produtor de máscaras e de respiradores no planeta, e a pandemia da covid-19 fez com que aumentasse a demanda mundial por esses equipamentos. Lei da oferta e da procura: a China tem margem para negociar e fazer exigências. “É uma guerra de vida e morte”, define o presidente da Câmara de Comércio e Indústria Brasil-China, Charles Tang.

Deixe o seu comentário