Banda Sul-Coreana famosa BTS quer conquistar o Grammy com o single Butter

cartão do banco Inter

Conheça um pouco mais do cartão do banco Inter (Peça o seu)

Publicidade

BTS , uma banda de pop sul-coreana disse em uma de suas entrevistas no dia (21) que está apostando todas as suas fichas no seu single (Butter) para conquistar o Grammy 2021.

 

Esse single foi de grandes conquistas nos Estados Unidos, basicamente levou quase todos os premios de música levando também a estatueta de melhor performance de grupo ou duo pop neste ano, mas apresentou seu sucesso “Dynamite” na cerimônia do Grammy.

 

Na reportagem o reporte perguntou sobre como seria a conquista do Grammy se eles fossem eleitos como melhor single do ano. então responderam: “É claro que gostaríamos de ganhar um Grammy. Isto ainda é válido, e pretendemos trabalhar para isso mais uma vez com ‘Butter’, esperando bons resultados”, disse o compositor e cantor rapper por nome Suga em uma coletiva de imprensa em Seul.

 

Ainda disse mais: (Butter) é nossa segunda canção em inglês com uma faixa de verão cheia de surpresas musicais e ritmo inovador. A nossa primeira foi a (Dynamte) que foi um sucesso total.

 

Essa nova música está sendo a mais tocada do mundo, pois 24 horas lançada no seu canal do YouTube ja alcançou a incrível marca de mais de 95 milhões de visualizações, um record para a própria banda

 

A banda BTS vão cantar a música no Billboard Music Awards neste domingo (23). O grupo foi indicado em quatro categorias, um recorde de astros de K-pop, incluindo melhor duo/grupo e canção mais vendida para “Dynamite”. Com certeza eles estão cientes que a chance de levar o Grammy nesse ano está bem mais próximo e esperado do que os outros passados.

 

Infelizmente a banda BTS só lamenta o não comparecimento dos fãs devido a pandemia do Covid-19, assim diz um dos componentes do grupo: “Eu me sinto um tanto isolado por não poder ver os fãs devido à situação atual, mas continuamos a pensar muito em como podemos mostrar nossos aspectos diferentes e satisfazê-los”, citou

Deixe o seu comentário