O que fazer caso você ligeiro uma picada de serpente? – TecWord

O que fazer caso você ligeiro uma picada de serpente?

Se você vive na cidade e raramente vai ao campo ou fica em locais de muito verdejante, pode até pensar que é difícil ser vítima de uma picada de serpente. No entanto, quando o tópico é assim tão sério, nunca é demais saber o que fazer caso você seja picado qualquer dia ou caso tenha que socorrer alguém que tenha sido vítima de uma serpente peçonhenta.

A primeira coisa que você precisa fazer, aliás, é que tempo é valedouro nesses casos. Se você demorar para socorrer a vítima da picada de serpente o veneno pode ser irremissível. No entanto, se os primeiros socorros forem eficientes e se a vítima receber atendimento médico rapidamente, apesar da dor, é verosímil amenizar as consequências desse tipo de ataque.

Mas, simples, é preciso saber que o soro antiofídico só pode ser governado por profissionais capacitados. E, para que seja governado o soro correto, é preciso saber qual serpente foi responsável pelo ferimento.

Porquê identificar uma serpente peçonhenta de uma serpente não peçonhenta?

Agora, falando em picada de serpente, é interessante saber que nem toda serpente inocula veneno durante a mordida. Esse é o caso das cobras não peçonhentas, que não colocam nossa vida em risco quando nos ferem.

Para saber se a serpente é ou não peçonhenta (e se a vítima da picada está mesmo correndo transe) é preciso prestar atenção em alguns sinais, uma vez que o formato da cabeça, o estreitamento da rabo e assim por diante. Aquém, na imagem, você aprende a identificar melhor a diferença entre elas.

Agora, é importante ressaltar que, no Brasil, existem também algumas espécies conhecidas uma vez que semi-peçonhentas ou opistóglifas. Elas contam com os dentes inoculadores no fundíbulo da boca, mas normalmente não conseguem dar uma mordida tão profunda ao ponto de injetarem o veneno.

Mesmo assim, existem casos registrados de vítimas de picadas de cobras semi-peçonhentas que enfrentaram complicações médicas e precisaram ter os sintomas contidos no hospital. É por isso que, independente do tipo de serpente, uma picada deve sempre ser tratada com desvelo e o paciente, levado ao médico o mais rápido verosímil.

O que fazer em caso de picada de serpente

1. Lavar o sítio da picada com chuva e sabão ou soro fisiológico.

2. A pessoa picada deve permanecer deitada e o mais calma verosímil. A intenção cá é impedir que o sangue se espalha rápido, atrasando também que o efeito do veneno em outras partes do corpo.

3. Manter o paciente hidratado, dando pequenos goles de chuva a ele.

4. Procure atendimento médico o mais rápido verosímil. Somente médicos podem prescrever o soro adequado.

5. Se verosímil, ligeiro a serpente (viva ou morta) para ajudar o médico na identificação do soro correto a ser aplicado, já que cada serpente precisa de um soro dissemelhante. Se não for verosímil filme ou fotografe o bicho.

O que não fazer se levar uma picada de serpente

1. Não faça sucção do veneno. Isso é mito.

2. Não faça torniquete ou garrote.

3. Não golpe o sítio da picada.

4. Não coloque folhas, pó de moca ou qualquer outra coisa na ferida.

5. Não ofereça bebidas alcoólicas à vítima.

6. Não dê qualquer medicamento à vítima.

O que fazer em caso de picada de serpente não peçonhenta

Geralmente, a picada de serpente não peçonhenta deixa duas fileiras de pontinhos na pele, que são as marcas dos dentes da serpente. Caso a picada seja assim, você precisa:

1. Lave muito o sítio da picada de serpente, do núcleo para fora;

2. Aplique pomada antisséptica na ferida;

3. Faça um curativo com uma gaze levemente apertada;

4. Ligeiro a vítima o mais rápido verosímil ao médico.

5. Estes passos só devem ser feitos quando existe a certeza que a picada foi de uma serpente não peçonhenta. Em caso de incerteza, siga as instruções para picadas de cobras venenosas.

E logo, você já teve que socorrer alguém que levou uma picada de serpente? Você, já viveu um pouco assim? Não deixe de comentar!

Agora, falando em primeiros socorros, você precisa conferir ainda: Porquê prestar os primeiros socorros se alguém passar mal ao seu lado.

Manancial: Fui Acampar, Tua Saúde

(function (d, s, id) (document, ‘script’, ‘facebook-jssdk’));
// After FB Page plugin is loaded, the height of its container changes.
// We need to notify theme about that so elements like eg. sticky widgets can react
(function (object) )(window);

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade