12 Filmes que foram censurados em sua estréia e hoje são considerados clássicos – TecWord

12 Filmes que foram censurados em sua estréia e hoje são considerados clássicos

Muitos filmes geraram polêmica no mundo do cinema por suas cenas fortes que envolvem sexo, religião e violência. Alguns chegaram a ser censurados em alguns países, mas hoje são considerados ótimos clássicos cinematográficos.

É curioso o trajo de que a maioria das obras censuradas posteriormente fizeram um grande sucesso mundial. É porquê se o que é proibido fosse mais interessante aos telespectadores. Veja aquém alguns filmes que foram censurados e o motivo da repreensão.

1 – A Paixão de Cristo (2004)

O filme de Mel Gibson foi proibido na Arábia Saudita, Kuwait e Bahrein devido à sua versão da vida de Cristo e à sátira ao antissemitismo. O diretor também teve que expelir algumas cenas que foram consideradas muito sangrentas.

2 – O Massacre da Serra Elétrica (1974)

Esse clássico dos filmes de terror foi repudiado por qualquer tempo em países porquê a Alemanha, Reino Unificado e Austrália, em razão de seu teor violento e ao impacto que causou nos telespectadores.

3 – Avatar (2009)

James Cameron se auto-censurou nas cenas sexuais para que não houvesse problemas com a classificação etária. Na China o filme deixou de ser exibido nos cinemas porque achavam que ele incitava a revolução e a violência. Ou por outra, temia-se que o sucesso nas bilheteiras dele superasse a indústria cinematográfica lugar.

4 – A Vida de Brian (1979)

O longa foi censurado na Europa porque foi considerado uma paródia da vida de Jesus. A indignação e as críticas contra o filme só conseguiram aumentar as bilheterias.

5 – De Volta Para o Porvir (1985)

O filme foi considerado inapropriado na China logo em seguida sua estréia. Além dele, outros filmes sobre o tema de viagem no tempo foram proibidos no país, já que o governo chinês alegou que o tema vai contra o patrimônio de sua cultura. Vai entender…

6 – Monstros (1932)

O filme foi desassociado, censurado, proibido e considerado repugnante, por incluir no elenco pessoas com malformações físicas e mentais. Nos Estados Unidos, foi lançado 30 anos em seguida sua geração.

7 – O Exorcista (1973)

Talvez esse seja um dos filmes mais polêmicos já lançados. Várias cenas foram censuradas, porquê aquelas em que os objetos religiosos foram usados de maneira blasfema. Alguns cinemas até decidiram não exibir o filme. O trailer também foi censurado, indo ar somente 40 anos em seguida a estréia.

8 – Laranja Mecânica (1971)

Esse verdadeiro clássico de Stanley Kubrick foi censurado no Reino Unificado depois de ser culpado por uma série de crimes baseados na cena chocante de estupro e em outras cenas violentas. Para que pudesse ser lançado nos Estados Unidos, o diretor teve que trinchar 30 segundos do filme para seu relançamento em 1973.

9 – Último Tango em Paris (1972)

O filme foi censurado em alguns países da Europa devido a uma cena de um estupro. Segundo a atriz Maria Schneider, esta cena não apareceu no roteiro, o que fez que se sentisse humilhada e, de certa forma, realmente violentada.

10 – O Tambor (1979)

Depois de lucrar um Oscar, o filme foi desassociado e depois repudiado no Canadá e em outras partes do mundo, isso por que em uma das cenas, o protagonista de onze anos fez sexo com uma moçoila de dezesseis anos.

11 – Django Livre (2012)

A obra de Quentin Tarantino não conseguiu passar pela repreensão na China. Antes de sua estréia, algumas cenas consideradas inapropriadas pelo governo chinês já haviam sido eliminadas e sua transmissão foi finalmente cancelada nos cinemas. A versão solene relata que foi devido a problemas técnicos, no entanto, acredita-se que foi censurado devido à nudez do protagonista Jamie Foxx.

12 – A Última Tentação de Cristo (1988)

O polêmico filme mostrou os últimos dias de Cristo, apresentando-o porquê um ser humano imperfeito, que tem fantasias de ser casado e ter relações com Maria Madalena. Até hoje existem muitos países que ainda o proíbem.

Natividade: Genial Guru

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade